Comércio e residências puxam o consumo de energia em novembro

Comércio e residências puxam o consumo de energia em novembro

2 de janeiro de 2019

Em novembro, o consumo nacional de energia elétrica totalizou 40.318 MWh, valor que representa um crescimento de 1,3% na comparação anual. De janeiro a novembro, o Brasil consumiu 432.473 MWh, alta de 1,1% em relação aos mesmos 12 meses de 2017. Os dados são da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e foram divulgados nesta quinta-feira, 27 de dezembro.

 

O desempenho nacional em novembro foi puxado pelo consumo das classes comercial e residencial, cujas taxas apresentaram variação positiva de 1,5% nos dois casos, na comparação com novembro de 2017. O consumo industrial cresceu 1,1% considerando a mesma base comparativa. Conforme as regiões geográficas, houve crescimento no consumo do Nordeste (+5,2%), Sudeste (+0,8%), Sul (+3,1%) e Centro-Oeste (+1,1%) e retração no Norte (-8,1%).

 

Segundo a EPE, as pessoas estão mais otimistas com o futuro do país, mas prevalece a cautela no momento atual. Assim, a variação na classe residencial é explicada pela demanda por climatização, a fim de aliviar o desconforto das altas temperaturas. O clima também explica o aumento do consumo do comércio. Já o segmento industrial segue estagnado, com consumo praticamente estável em novembro. O mercado cativo das distribuidoras apresentou retração de 0,7% em novembro e de 1,5% em 12 meses, enquanto o consumo livre aumentou 5,5% no mês e 7,1% em 12 meses.

 

 

Fonte: http://canalenergia.com.br/noticias/53085497/comercio-e-residencias-puxam-o-consumo-de-energia-em-novembro